segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Os trocos do pensamento

"As palavras são os trocos do pensamento. Há faladores que nos pagam em moedas de dez tostões. Outros, pelo contrário, dão-nos peças de ouro."

Jules Renard*

*Pierre-Jules Renard, escritor e dramaturgo francês nascido em 1864. Considerado "moralista amargo" a sua escrita tem uma forte conotação naturalista e realista. Escreveu obras como "Le Pain de Ménage" (1898), e "Plaisir de Rompre" (1897) e Poil de Carotte (1894). Esta última consiste um enredo construído sobre a marginalização das crianças ruívas no contexto da sociedade de então.
Morreu em 1910.

3 comentários:

ARFERLANDIA disse...

A palavra prostituida
que é vendida ao "patrão",
o vil dono do "tesouro"
sendo falsificação
é paga com barras de ouro.
Mas quando am favor do povo
em defesa da razão
ganhar-se-á, quando muito
moeditas de tostão.

ARFER


Gostei do seu BLOG pela valor didáctico.
GRATO

OutrosEncantos disse...

Heranças estas, que são peças de ouro!

Vim dar-te um beijo, elogiar-te por este espaço delicioso de cultura para os mais jovens e porque é bom e sempre intemporal e grato aprender a crescer nas palavras :)

Virgínia do Carmo disse...

Agradeço a vossa passagem e as vossas palavras; No próximo dia 25 irei fazer as primeiras oficinas com alunos dos 6º, 7º e 8º anos. Deixarei aqui o testemunho desta primeira aventura,com a qual espero também eu crescer...
Outros Encantos, um beijinho de especial gratidão pelo teu apoio de hoje e sempre!